...

Representar as pessoas e fortalecer as organizações sociais.

...

...

...

...

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Ivo Fiorotti participa do IV Seminário Acadêmico do curso de Direito do Unilasalle sobre a Reforma da Previdência

Na última quarta-feira, 21 de junho, o presidente da Comissão Especial em Defesa da Previdência Pública, vereador Ivo Fiorotti (PT), participou do IV Seminário Acadêmico do curso de Direito do Unilasalle, com a temática PEC 287/2016 Reforma da Previdência. O evento foi organizado pelos formandos do curso de Direito da instituição, com a presença de professores e alunos.
O seminário foi aberto pela professora Daniela Cademartori, que citou uma fala de Boaventura de Souza Santos em entrevista para o jornal Folha de São Paulo: "A democracia europeia, que se disseminou pelo mundo, entrava em tensão com o capitalismo na medida em que adotou direitos sociais e econômicos como universais, o que colide com o impulso da acumulação infinita do capital. Cria-se, assim, um capitalismo de rosto humano com tributação progressiva, gestão compartilhada e outras concessões que o capital fez a essa socialdemocracia para impedir que as classes populares se seduzissem pelo modelo que havia do outro lado do muro. Quando o Muro de Berlim cai, não há mais alternativa. E começa um ataque aos direitos sociais e econômicos, que vemos hoje no Brasil, em relação às leis trabalhistas e previdenciárias, à saúde e à educação, e que na Europa são impostas pela troca".
Na ocasião, o vereador Ivo Fiorotti apresentou o trabalho da comissão na Câmara Municipal de Canoas, seus membros e o que já foi feito até o momento. Abordou a importância da previdência pública e apresentou um quadro comparativo de como ela é atualmente, como foi a proposta apresentada e o seu substitutivo. Entre os pontos, Fiorotti destacou a aposentadoria para professores, o Benefício de Prestação Continuada e entre outros itens que interferem na vida dos trabalhadores. “É importante apresentar esse comparativo, para que as pessoas tenham conhecimento e que possam tirar dúvidas sobre um tema que é de interesse de toda população”, afirmou.
O advogado da área previdenciária e professor de Direito Previdenciário, Márcio Otávio Hartz, salientou pontos do campo jurídico na Reforma da Previdência. “Estou aqui para apresentar pontos que tendo ou não a reforma, eles precisam ser vistos. Um dos grandes questionamentos está na questão da idade mínima e do fator previdenciário. Se não tiver idade mínima na proposta, precisa ter fator previdenciário. Hoje estamos em uma situação que precisamos de três pessoas trabalhando para um poder se aposentar”, destacou.
A advogada e coordenadora do Setor Jurídico do Escritório de Advocacia Anildo Advogados Associados, Mirele Müller, apontou questões relacionadas à aposentadoria especial. "A reforma da Previdência apresenta vários pontos questionáveis. A palavra integridade foi excluída na proposta, o que apresenta uma exclusão no processo referente a aposentadoria especial. Hoje existem inúmeras profissões que se enquadram dentro da questão da insalubridade e periculosidade, que não são possíveis ser colocadas no mesmo pé de igualdade de outras profissões", acrescentou.
No final do evento, os alunos fizeram questionamentos para os debatedores e participaram de um sorteio de livros.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Fiorotti vota contra projeto de emenda à Lei Orgânica Municipal que suprime o conjunto de iniciativas e ações da estratégia elaboradas através do Congresso da Cidade

Na última terça-feira, 13 de junho, o vereador Ivo Fiorotti, durante a votação em segundo turno do projeto de emenda à Lei Orgânica Municipal (LOM) nº 02/2017, de autoria do Executivo Municipal, foi à tribuna para reafirmar seu posicionamento contrário. Segundo ele, a existência do Congresso da Cidade não fere a simetria entre as constituições. Ressaltou que o evento é um avanço conquistado pelo município e que ele não constrói a lei do plurianual, apenas ajuda a informar os temas que constarão nela. “Precisamos ter uma construção plurianual participativa, que sejam propostas metas em conjunto com a gestão pública e sociedade civil”, destacou.
A proposição altera o § 1º do art. 134, que trata da lei do plano plurianual. O projeto suprime o trecho que menciona que a lei do plurianual observará o conjunto de iniciativas e ações da estratégia aprovada no Congresso da Cidade, ficando a nova redação da seguinte forma: “A lei que instituir o plano plurianual estabelecerá as diretrizes, objetivos e metas da administração pública municipal para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas aos programas de duração continuada”. A proposta também revoga o art. 174, que estabelecia que “o Planejamento Municipal é balizado pelo Congresso da Cidade, que tem o objetivo de produzir, com a participação e o envolvimento da sociedade, as diretrizes que orientam a estratégia de desenvolvimento de Canoas para o período de 10 (dez) anos, sendo revisada a cada 5 (cinco) anos”.
Além de Fiorotti, os demais membros da bancada do Partido dos Trabalhadores (PT), vereadores Emilio Neto, Maria Eunice e Paulinho de Odé, e os vereadores César Augusto (PRB) e Dario da Silveira (PDT) foram contrários ao projeto. Por não somarem a maioria na Casa Legislativa, a proposição acabou sendo aprovada. 
A comissão especial que analisou o texto da emenda é composta pelos vereadores Eric Douglas (PTB) – presidente, Cezar Mossini (PMDB) – relator, Alexandre Gonçalves (PPS), Aloisio Bamberg (PCdoB), Canhoto (SD), César Augusto (PRB), Cris Moraes (PV), Gilson Oliveira (PP), José Carlos Patricio (PSD), Maria Eunice (PT), Marcus Vinícius Machado – Quinho (PDT).

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Ivo Fiorotti conhece iniciativa do Corpo de Bombeiros Voluntários de Igrejinha

Na última quarta-feira, 06 de junho, como membro da comissão especial da Câmara Municipal de Canoas que trata da reabertura da unidade do Corpo de Bombeiros localizada na Avenida Rio Grande do Sul, no bairro Mathias Velho, o vereador Ivo Fiorotti esteve no Corpo de Bombeiros Voluntários do município de Igrejinha.
Conforme Fiorotti, o objetivo da visita foi de conhecer a experiência e propor uma iniciativa do mesmo porte para Canoas. “Hoje, o posto do Corpo de Bombeiros do bairro Mathias Velho, se encontra fechado por falta de efetivo. A proposta do Corpo de Bombeiros Voluntários é uma alternativa para enfrentar a crise do Estado em dar conta de destinar bombeiros militares”, destacou.

O local conta com 49 voluntários e sete motoristas efetivos. Mensalmente, a prefeitura de Igrejinha repassa 34 mil reais. Ao longo dos 11 anos de existência, a equipe conquistou dois caminhões, duas ambulâncias de resgate, um carro e uma moto. A gestão do Corpo de Bombeiros Voluntários é feita por uma associação civil. O efetivo atende a cidade de Igrejinha e dá suporte para a região.

Edição 2017 do Selo Amigo do Reciclador


Na tarde desta quarta-feira, 7 de junho,  o vereador Ivo Fiorotti participou do ato de  entrega do "Selo Amigo do Reciclador 2017", reconhecimento conquistado por 16 estabelecimentos de nosso município. Criado pela Lei 5.390/09, de iniciativa deste vereador, o  selo é reconhecimento  conferido aos estabelecimentos  que realizam a coleta seletiva e destinam o produto às Cooperativas de Reciclagem, em Canoas. "O Selo Amigo do Reciclador é uma política pública que fortalece os estabelecimentos, as cooperativas de catadores e  a política pública do meio-ambiente. Reconhece o esforço solidário dos estabelecimentos, potencializa a produção das cooperativas e reforça a política pública de cuidado com a sustentabilidade de nossas cidades", destacou Ivo Fiorotti em sua fala na oportunidade. O vereador também fez um breve histórico de como foi construída esta iniciativa que teve seu start a partir de um desafio de um gestor da AGCO lá nos idos da década de oitenta, quando era educador popular junto as Associações de Reciclagem. Desde 2009,  em parceria com os técnicos da Secretaria do Meio Ambiente, esta iniciativa consolidou-se neste belo programa que, em 2017, teve a sua segunda edição. Desejou, por fim,  Vida Longa ao programa e seus benefícios nos anos vindouros.

Comissão da Previdência realiza Audiência na Érico Veríssimo

Nesta última quarta-feira, 07 de junho, a Comissão Especial em Defesa da Previdência Pública realizou mais uma Audiência Pública na Escola Estadual Érico Veríssimo, com a participação de professores, direção e 52 alunos do turno da noite. Estiveram presentes o presidente, vereador Ivo Fiorotti,  e o relator, Vereador Dario da Silveira. "Além da boa aceitação do tema, os alunos se mostraram solícitos em enviar e-mails aos deputados e senadores gaúchos para que não aprovem a PEC 287/16, pois perceberam seu caráter maléfico para o seu futuro como trabalhadores e trabalhadoras", destacou o vereador Ivo. No dia 21 de junho, a Comissão Especial participará de um debate com os alunos de direito do Unilasalle.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Dia Mundial do Meio Ambiente 2017

Neste Dia Mundial do Meio Ambiente em 2017, com tantas ameaças potencializadas desde TRUMP até nossos gestores locais,  uma contribuição de nosso mandato com leis e iniciativas voltadas para a conscientização da população. Da autoria do Vereador Ivo Fiorotti, dentre outras:
• Dia Municipal de Conscientização e Informação sobre as Mudanças Climáticas.
• Programa de Destino de Resíduos Sólidos.
• Calçadas Ecológicas em áreas residenciais de Canoas.
• Dia e Semana Municipal do Bem-Estar Animal.
Nossa esperança é sempre por dias melhores, com nossa cidadania ativa, desde não jogar lixo nas ruas, passando por alimentações saudáveis , até nossa militância por um mundo mais sustentável e pacífico! Vida longa aos lutadores e lutadoras de nosso planeta!

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Prefeito Busato propõe extinguir o "Congresso da Cidade"

video

Projeto de Emenda a Lei Orgânica nº 2/17,  de iniciativa do prefeito Luiz Carlos Busato, que está em debate e apreciaçao na Câmara Municipal de Canoas propõe - na supressão do artigo 174 e na alteração no artigo 134 -  a extinção do Congresso da Cidade como mecanismo de cogestão e participação da cidadania. A bancada do PT considera um retrocesso e torna público esta inciativa sem consultar a própria sociedade civil organizada que em 2011 realizou esta tarefa responsável e cidadã.  Veja neste vídeo parte da fala do  Vereador Ivo Fiorotti, em nome da bancada do PT, na primeira discussão da matéria em plenário,  Foi aprovada esta matéria em primeira votação com  o aval de 14 vereadores da base, tendo o voto contrário dos vereadores Emílio Neto e Ivo Fiorotti(PT) da vereadora Maria Eunice(PT), do vereador Dário Silveira (PDT) e do vereador Cezar Augusto (PRB). Passados 10 dias ocorrerá a apreciação da segunda votação. O vereador Paulinho d'Odé estava ausente. 

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Ivo Fiorotti e Dario da Silveira participam de vigília contra as reformas da Previdência e Trabalhista

Na última quarta-feira, 24 de maio, o vereador Ivo Fiorotti, presidente da Comissão Especial em Defesa da Previdência Pública e o vereador Dario da Silveira, relator da mesma, estiveram na vigília contra as reformas da Previdência e Trabalhista promovida pelo Comitê Sindical e Popular contra as Reformas da Previdência e Trabalhista. O ato ocorreu no Calçadão de Canoas durante todo o dia.
Conforme Fiorotti, o momento é de conscientização. “Devemos conscientizar a sociedade sobre os direitos que estão sendo jogados fora. É inadmissível o trabalhador perder direitos básicos”, destacou.

O objetivo foi levar para a população informações sobre as reformas e no que elas podem afetar a vida de cada um e cada uma. Além disso, o ato também foi uma demonstração de apoio a todas e todos que se deslocaram até Brasília na luta pela garantia de direitos e pedir eleições diretas para um novo presidente do país. 

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Brigadeiro Ney Gomes da Silva é homenageada pelos 50 anos de fundação

Na última terça-feira, 23 de maio, o vereador Ivo Fiorotti, membro da bancada do Partido dos Trabalhadores (PT), homenageou em Grande Expediente na Câmara Municipal de Canoas, a Escola Estadual Especial Brigadeiro Ney Gomes da Silva, pela passagem do seu cinquentenário. A instituição foi fundada em 21 de maio de 1967.
O vereador Ivo Fiorotti destacou o trabalho desenvolvido pela escola, em especial, para as pessoas com deficiência. “Sonhos, dedicação e criatividade pedagógica são uma referência na escola. Acredito que ser professor é uma vocação, um chamado. Os educadores sonham, se dedicam e são criativos para dar conta da educação especial das pessoas com deficiência”, acrescentou.
Atualmente a escola conta com 110 alunos, entre 06 e 25 anos com deficiência intelectual, autismo e síndrome de Down. "Toda essa dedicação, esforço e aprendizado estão sendo reconhecidos hoje pela cidadania canoense, representada pela Câmara Municipal. Continuem cada vez mais sonhando, criando ações pedagógicas e fazendo com que a sociedade reconheça o diferente”, relatou Fiorotti.
A diretora Maria das Graças Pinheiro Lima afirmou que a homenagem abrange todos os professores, funcionários e pais de alunos. "Nossos alunos merecem todo respeito e dignidade”, enfatizou. Ela salientou que está acontecendo a semana alusiva ao cinquentenário, com uma programação especial que inclui a visitação histórica Túnel do Tempo.

Participaram do Grande Expediente, os assessores pedagógicos da 27ª Coordenadoria Regional de Educação, Joana Cavalheiro e João Lopes; o secretário municipal de Educação, José de Jesus D’Ávila; o titular da Diretoria Municipal da Pessoa com Deficiência, Jair Silveira; a diretora de Inclusão da Secretaria Municipal de Educação, Renata Flores; a vice-diretora da Ney Gomes, Lilian Santiago da Silva; Nelci Panitz, orientadora da Escola, e Iara Jacom, ex-diretora; o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Felipe Martini. 

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Retirada de pauta das Reformas Trabalhista e da Previdência

(Acompanhe neste link a fala do senador Paim)

A grande pressão social contra as Reformas Trabalhista e Previdenciária, somada com às denúncias contra o Presidente Temer na delação premiada dos donos da JBS, são o grande pano de fundo que obrigou a suspensão dos calendários de tramitação destas matérias no Congresso. A perniciosa reforma trabalhista que está tramitando na Comissão Especial no Senado, teve sua interrupção anunciada pelo Senador Ricardo Ferraço (PSDB/ES). O Deputado Arthur Oliveira Maia (PPS/BA) também manifestou que não há clima para avançar nos trabalhos de colocar em pauta a  maléfica reforma previdenciária na Câmara dos Deputados no próximo período. Nossa mobilização social tem que continuar. A Comissão Especial em Defesa da Previdência Pública manterá seu calendário de Audiências Externas nas Escolas.